Facebook

Publicado em 23-07-2019

Ainda é muito cedo para fazer um balanço exaustivo do que está, mais uma vez, a acontecer no território da Diocese de Portalegre – Castelo Branco em matéria de fogos florestais.

Publicado em 10-06-2019

Caro João Miguel,
Tomo a liberdade de tratar-te por tu. Somos afinal conterrâneos, apesar de não nos conhecermos. A nossa idade é muito próxima. Imagino que, como eu, tenhas nascido no velho Hospital da Misericórdia, em pleno Rossio portalegrense; tu, em Setembro, eu dois meses depois. Escrevo-te depois de ter escutado pela televisão, comovido, a tua intervenção como responsável pelas comemorações do Dia de Portugal e de Camões. Não poderia deixar de fazê-lo, ao ouvir-te evocar o teu avô que, ao fundo da nossa Rua de Elvas, dava sopa àqueles que dela precisavam, ao sentir o significado daquela casa ao cimo da Avenida Frei Amador Arrais que foi e é a tua e, sobretudo, ao ter contido com alguma dificuldade as lágrimas quando te ouvi mencionar o destino de tantos portalegrenses que, para cumprirem o seu destino, se viram obrigados a deixar o nosso concelho.

Publicado em 24-04-2018

Oportunidade para restabelecer os princípios da criação do Parque e seu papel na Região.

Publicado em 24-04-2018

O Produto Interno Bruto (PIB) de um país representa o valor dos bens e serviços produzidos e permite medir a riqueza criada, em determinado período.

Publicado em 24-04-2018

Portalegre era então um oásis industrial no coração de um Alentejo profundamente rural e fora de quaisquer rotas de progresso.
Num concelho com 18.500 habitantes a cidade de Portalegre contava então com 9.303 habitantes (censos de 1900) que exerciam os mais variados ofícios nas inúmeras oficinas espalhadas pela cidade: alfaiates e costureiras, carpinteiros, ferreiros e ferradores e nas fábricas existentes, particularmente corticeiros, tecelões, salsicheiros, alvanéus e padeiros.

Publicado em 24-04-2018

Mergulhada numa profunda crise humanitária, a Síria é espartilhada por vários grupos, por vários países e por várias organizações. Sendo um conflito de natureza híbrida, apresenta-se com elevados problemas endógenos, cuja resolução é de enorme complexidade fazendo temer o pior.

Publicado em 24-04-2018

Quem não acreditar que já foi marcada a "missa", que não vá lá. Mas que ela já foi anunciada, isso foi!
Basta olhar para a lista dos projectos aprovados, pelo Programa Nacional de Regadio, no fim do ano transacto, e iniciado este mês, para ver como o Empreendimento do Pisão/Crato, morreu!

1ª Página

PUBLICIDADE

Calendário

Julho 2019
S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4

RTP Notícias

 

Links Úteis