A Câmara de Reguengos de Monsaraz confirmou a nona morte por COVID-19, relacionada com o surto no lar da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva (FMIVPS).

De acordo com a autarquia, trata-se de uma idosa de 87 anos, que se encontrava no Hospital do Espírito Santo, em Évora, e que faleceu ao final da madrugada deste sábado.  

Segundo a actualização da situação epidemiológica no concelho, referente até às 11h deste sábado, há um total de 162 casos positivos acumulados, dos quais 143 activos, nove óbitos e 10 recuperações.

Do total de casos positivos detectados, 94 registam-se no lar da FMIVPS e 49 na comunidade, sendo que «estes números verificam-se num universo de cerca de 1.700 testes com resultado conhecido até ao dia de ontem, no qual foram conhecidos resultados de aproximadamente 50 testes», estando «planeados para hoje e amanhã mais cerca de 20 testes».

Quanto ao foco verificado no lar da FMIVPS, até ao dia de ontem, foram registados activos em trabalhadores e 72 a utentes. Já na comunidade foram registados mais dois novos casos positivos nos testes com resultados conhecidos durante o dia.

Neste momento, há 17 utentes do lar internados no Hospital de Évora, quatro dos quais nos cuidados intensivos, bem com um caso de infecção na comunidade que está internados também nos cuidados intensivos e um outro na enfermaria COVID-19.

Mais Notícias