O Politécnico de Portalegre afectou equipamento de impressão 3D e recursos humanos para construir viseiras de protecção, que já começaram a ser entregues à Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), para utilização pelos profissionais de saúde que se encontram na linha da frente no combate ao novo coronavírus.

A este projecto juntou-se a Escola Secundária Mouzinho da Silveira com mais uma impressora 3D e a Selenis que fornece o filamento necessário para que a produção não pare.

Brevemente, o Politécnico de Portalegre começará também a produzir solução antisséptica de base alcoólica (SABA), para dar resposta a solicitação da ULSNA.

Mais Notícias