No cemitério de Portalegre são cobrados 350 euros “limpos”, directamente por quem ali trabalha, para levantar e voltar a assentar as pedras de uma sepultura.

Denunciamos o esquema na edição desta semana do jornal, que já está nas bancas, através de um caso ocorrido na última semana.

Todos os pormenores na edição impressa desta semana

Mais Notícias