Museu do Azulejo de Santa Isabel

Museu Azulejo

Monforte está a avançar com a reconversão da antiga Igreja do Espírito Santo para ali instalar um Museu do Azulejo com 16 grandes painéis, 13 dos quais sobre a vida e milagres da Rainha Santa Isabel, no total de 16 mil azulejos, património único a nível mundial.

Da igreja do antigo convento do Bom Jesus, demolida na década de 40 do século XX, salvou-se um conjunto de painéis de azulejos da oficina lisboeta de Valentim de Almeida, que datam de 1745 e constituem o mais extenso e notável acervo iconográfico sobre a vida e milagres da Rainha Santa Isabel existente no mundo.
Este espólio, propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Monforte, encontrava-se acondicionado em 59 caixotes de madeira e estava à guarda dessa instituição desde que
foi retirado do edifício original.
Com o objectivo de valorizar o conjunto azulejar, foi assinado, em 2006, um protocolo de colaboração entre a Santa Casa e a Câmara de Monforte, ao abrigo do qual a transferência dos materiais seria feita para instalações da autarquia, de modo a que se procedesse aos trabalhos de montagem de painéis, registo e reacondicionamento dos azulejos, trabalho que se iniciou em 2012 sob a coordenação da arqueóloga Paula Morgado, técnica do Município.
São 16 os painéis figurativos alusivos à vida e milagres da Rainha Santa Isabel e a milagres de S. Francisco, e anda painéis não figurativos com motivos seriados e figurações repetidas, sendo 13 os de temática isabelina. Ao todo, o espólio cifra-se em cerca de 16.000 azulejos.
Depois de terem sido equacionadas formas de valorização do conjunto, decidiu o actual executivo do Município requalificar para museu a antiga Igreja do Espírito Santo, um imóvel propriedade da autarquia, onde, então, todo este acervo azulejar será acondicionado, dispondo-o conforme se encontrava no convento. Assim, a recolocação do conjunto não deverá ser feita alterando a ordem dos painéis ou expondo-os isoladamente mas respeitando a sua sequência original.
O projecto do espaço museológico está a ser candidatado ao "Programa Valorizar - Linha de Apoio à Valorização do Interior" e integra duas componentes: a Reabilitação do Edificado da Antiga Igreja do Espírito Santo e o Programa do Centro Monforte Sacro, um Centro Temático sobre a Rainha Santa Isabel, a partir da remontagem do revestimento azulejar da antiga igreja do Convento do Bom Jesus de Monforte.

e-max.it: your social media marketing partner
  • Imprimir