Facebook

CCDR Alentejo lança “Roteiro 2019. Desafiar o Futuro.”

ccdr conf 1

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDR Alentejo) realizou esta sexta-feira, dia 18, em Évora, a primeira conferência inserida no projecto "Roteiro 2019. Desafiar o Futuro", que tem por objectivo promover uma mobilização consistente e regular dos actores regionais em torno da construção participada de uma região competitiva, coesa e sustentável no horizonte 2030.


A conferência, realizada no Auditório da CCDR Alentejo, contou com a presença do secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza.
O "Roteiro 2019. Desafiar o Futuro" pretende constituir-se como um espaço de reflexão conjunta sobre os grandes desígnios da região, tendo também presentes as orientações emergentes da discussão em curso sobre as prioridades do novo ciclo da política de coesão europeia e a conveniente participação regional.
Nesta conferência foram lançadas as bases através do debate focado num conjunto preliminar de temas centrais como "Os desafios da convergência", apresentado por Carlos Zorrinho, "Os dados e o território", apresentado por Miguel Castro Neto, "A sustentabilidade e o território", apresentado por Teresa Pinto Correia, e "A governação e o território", apresentado por Rui Marques.
Durante o decorrer dos trabalhos a CCDR Alentejo anunciou ainda o lançamento de iniciativa "#menosumagarrafadeplástico" que tem como objectivo a construção de um mundo ambientalmente mais sustentável e que consiste na oferta de uma garrafa reutilizável que depois poderá ser enchida em máquinas próprias colocadas na própria CCDR e que disponibilizam água à temperatura ambiente, fresca ou gaseificada.
Aberto ao público, o "Roteiro 2019. Desafiar o Futuro" tem como principal objectivo envolver os actores da região Alentejo, nomeadamente Serviços desconcentrados do Estado, Comunidades Intermunicipais, Municípios, Ensino Superior; Centros de Investigação, Associações Empresariais, Associações de Desenvolvimento Local, IPSS's; e a sociedade civil em geral.
A organização do processo está a cargo da estrutura política da CCDR Alentejo, coordenada pelo seu presidente, em conjunto com a Comissão Directiva da Estrutura de Missão do Programa Operacional Regional.
De acordo com Roberto Grilo, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, «este modelo deve constituir-se como um processo a prolongar, estimulando uma participação significativa que possa combinar planeamento e inovação, permeabilidade e persistência. Com os devidos contributos que a prática da execução nos tem trazido, a CCDR Alentejo deverá internalizar gradualmente nas suas práticas de funcionamento e intervenção uma atitude de construção permanente, susceptível de monitorização regular».
As participações das várias entidades e personalidades que participaram no evento, bem como as conclusões extraídas, deverão inspirar um conjunto de eventos descentralizados, a organizar na região e que terão como objectivo aprofundar as reflexões e participações para o futuro do Alentejo.
Em nova conferência, a organizar no espaço de um ano, serão apresentados o balanço e as principais conclusões do "Roteiro 2019. Desafiar o Futuro".

ccdr conf 2

e-max.it: your social media marketing partner

1ª Página

PUBLICIDADE

1111111111

RTP Notícias