Facebook

Documentário sobre Maria Leal da Costa apresentado no Festival de Cinema de Marvão

unnamed

No âmbito do V Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valencia de Alcántara, vai ser apresentado em estreia, na sexta-feira, o documentário "O Gesto Escultórico", sobre o trabalho da artista alentejana Maria Leal da Costa.

A sessão, que revela o universo inspirador de Maria Leal da Costa através de depoimentos de quem a conhece e vem acompanhando o seu percurso artístico, será apresentado às 21h30, na Quinta do Barrieiro, espaço onde a escultora reside e trabalha, e onde está ser desenvolvido o projecto de um parque de esculturas ("Alentejo Sculpture Park – Maria Leal da Costa – Parque de Esculturas de Marvão").
Nesta sessão prévia ao início oficial do Periferias estarão presentes a autora e os realizadores do filme, Hugo Alcântara, Carlos Nascimento e Paulo Duarte Barbosa.
Maria Leal da Costa (Évora, 1964) expõe regularmente os seus trabalhos em Portugal, China, Itália, Espanha, França, Bélgica, Lituânia, Inglaterra e Estados Unidos. A sua obra encontra-se representada em Portugal e no estrangeiro, em colecções públicas e privadas.
Em 2015, foi publicado o livro "Maria Leal da Costa – Escultura", na editora Caminho.

Festival Periferias

periferias 2017

A quinta edição do Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valencia de Alcántara, dedicada ao tema "Terra e Ambiente", realiza-se até dia 20 por aldeias e lugares emblemáticos da raia, com a projeção de cerca de 30 obras, na área do cinema documental.
O programa inclui ainda a exibição do documentário "Histórias e Segredos", sobre a pintora portuguesa Paula Rego, e ainda um conjunto de exposições, oficinas, debates e momentos musicais com artistas convidados, em vários palcos, como a Estação de Comboios da Beirã, a Ponte Quinhentista do Rio Sever, o Lagar Museu dos Galegos, as zonas históricas de Marvão e Valencia de Alcántara, ou as Ruínas da Cidade Romana de Ammaia.
No âmbito da temática escolhida para esta edição, vão realizar-se diversos painéis de discussão sobre diferentes problemáticas, como a defesa das sementes tradicionais, a mudança climática, o ordenamento florestal e a energia nuclear, em sessões a decorrer no espaço do Centro Cultural de Marvão.
A exemplo de anos anteriores, o Festival inclui ainda momentos especialmente destinados ao público infanto-juvenil, com oficinas de cinema e uma maratona de filmes de animação, e aos mais idosos, com diversas projeções nos Lares do concelho.
O Festival é organizado, em parceria, pela Associação Cultural Periferias (Portugal) e a Associação Gato Pardo (Espanha), com o apoio do Município de Marvão, Direcção Regional de Cultura do Alentejo, Comissão de Coordenação Regional do Alentejo, Filmoteca da Extremadura, Diputación de Cáceres e Ayuntamiento de Valencia de Alcántara.

e-max.it: your social media marketing partner

1ª Página

Publicidade

Links Úteis